SEJA UM SEQUIDOR DO BLOG DO ACS ROBERTO

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Segundo Geraldo Resende, os agentes comunitários de saúde são responsáveis por uma verdadeira revolução na queda da mortalidade infantil


Geraldo defende piso salarial para agentes comunitários de saúde


Geraldo Resende na abertura do seminário sobre a PEC 391-A/2009 – Foto: Divulgação
O deputado federal Geraldo Resende (PMDB-MS) é um dos defensores da aprovação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 391-A/2009, de autoria do deputado Raimundo Gomes Matos (PSDB-CE), que altera o artigo 198 da Constituição Federal e estabelece Plano de Carreira e Piso Salarial aos Agentes Comunitários e Agentes de Combate às Endemias. Geraldo Resende foi eleito vice-presidente da Comissão Especial criada para proferir parecer sobre a PEC.

Segundo Geraldo Resende, os agentes comunitários de saúde são responsáveis por uma verdadeira revolução na queda da mortalidade infantil e em campanhas de vacinação, principalmente no Norte e Nordeste do País. “Antigos voluntários ligados a Igreja, hoje se transformaram em peça fundamental para a saúde pública”, afirma o parlamentar.

Para discutir a questão do piso salarial e do plano de carreira para a categoria, agentes comunitários de todo o país se reuniram nesta terça-feira (03), em um seminário na Câmara Federal.

O seminário foi organizado pela Comissão Especial destinada a proferir parecer sobre a PEC 391-A/2009. Na abertura do evento, Geraldo Resende ressaltou o papel fundamental desses profissionais e como a PEC 391-A/2009 vai valorizar a atividade no País. “Segundo a Confederação Nacional dos Agentes de Saúde (CONACS), 70% desses trabalhadores recebe um salário mínimo ou menos, para serem o elo entre as políticas públicas de prevenção e de saúde do Estado e a população mais carente”, afirma.

Ainda na abertura do seminário, Geraldo Resende informou que apenas em 2008, 70 milhões de visitas foram realizadas pelos agentes comunitários de saúde e que este serviço foi fundamental para os serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), “além de humanizar a assistência e atender as comunidades respeitando suas particularidades”.

Estavam presentes à abertura do Seminário, além de Geraldo Resende, os deputados, Pedro Chaves (PMDB/GO), coordenador do evento e Fátima Bezerra (PT/RN), relatora. A PEC está sendo analisada pela Comissão Especial na Câmara dos Deputados e seguirá para o Plenário, onde precisa ser aprovada em votação de dois turnos

FONTE:www.agorams.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA UMA PERGUNTA AO ACS ROBERTO!

MATERIAS DO BLOG DO ACS ROBERTO