SEJA UM SEQUIDOR DO BLOG DO ACS ROBERTO

quarta-feira, 24 de julho de 2013

FINALMENTE A MÁSCARA CAIU!os secretários não concordam com nenhum tipo de Piso Salarial, especialmente o dos Agentes Comunitários!”.

FINALMENTE A MÁSCARA CAIU!


Para aqueles que ainda não acreditavam que o Governo dos trabalhadores seria contra os trabalhadores ACS e ACE, a resposta definitiva do Líder do Governo, foi clara e provocadora: "O Governo não é contra, mas com o Ministério da Saúde não tem acordo, nem mesmo com a proposta dos R$ 950,00!"
.
O Presidente da Comissão de Seguridade Social, Deputado Rosinha (PT/RS), hoje pela manhã, afirmou que esteve ainda ontem (09/07) com o presidente do CONASEMS (Conselho Nacional dos Secretários Municipais de Saúde), que de forma categórica os secretários não concordam com nenhum tipo de Piso Salarial, especialmente o dos Agentes Comunitários!”.

Para acabar de vez com a expectativa de alguma solução negociada, o próprio Presidente da Câmara Henrique Alves, deixou bastante claro ontem que “só recebe a categoria dos ACS e ACE se o Líder do Governo aceitar votar o PL 7495/06”, ou seja, os agentes de saúde que sempre foram bem recebidos no Congresso Nacional, e apoiados com votações expressivas, hoje não merecem se quer ser recebidos pelo Presidente da Câmara!

Ontem e hoje, o Congresso Nacional está crivado de Prefeitos e Secretários de Saúde de todo o País. Segundo notícias extraoficiais, hoje a Presidente Dilma estará anunciando no Plenário da Marcha Nacional dos Prefeitos aumento no repasse do PAB (Piso da Atenção Básica), mas é contra definir o valor de R$ 950,00 como Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE, e evitar o desvio desse recurso nas mãos dos prefeitos e secretários municipais de saúde.
Alguns parlamentares, afirmaram que a única saída é mesmo Mobilizar a categoria e vir para Câmara com muita gente e se preciso for “acampar” até convencer o Presidente Henrique Alves a colocar o PL 7495/06 para ser votado no plenário!

Segundo o Deputado Mandetta (DEM/MS) “o problema é convencer o presidente a colocar na pauta pra votar, porque lá no Plenário nós vamos saber se tem alguém que terá coragem de votar a favor do Governo e contra vocês, ainda mais, se as galerias estiverem lotadas de ACS e ACE!


fonte:conacs

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Fomos nas ruas em direção a prefeitura dizer ao prefeito Ranulfo que os ACS aguardam uma reunião com ele há muito tempo, decidimos gritar alto na prefeitura e dizer que queremos falar com o prefeito e expor as nossas reivindicações” disse Roberto Lima, presidente da associação dos ACS.

A Associação dos Agentes Comunitários de Saúde do município de Cansanção marcaram na manhã de hoje (08) uma reunião com o prefeito para discutir melhores salários para a categoria. Logo cedo os Agentes Comunitários se deslocaram até a sede da prefeitura com cartazes pedindo uma reunião com o chefe do executivo municipal, a solicitação dos agentes foi atendida e a reunião foi marcada para terça-feira, 16 de julho.

 “Somente cada um de nós ACS de Cansanção -Ba pode avaliar sua própria história e sua própria dor, cada um pode dizer quantos anos durou a sua luta incansável pela valorização da nossa categoria, não podemos esperar pelos outros, quando depende só de nós mesmos, se é isso que a categoria tanto quer, Fomos nas ruas em direção a prefeitura dizer ao prefeito Ranulfo que os ACS aguardam uma reunião com ele há muito tempo, decidimos gritar alto na prefeitura e dizer que queremos falar com o prefeito e expor as nossas reivindicações” disse Roberto Lima, presidente da associação dos ACS.

Informações e foto: Associação dos Agentes Comunitários de Saúde de Cansanção - See more at: http://www.portaldenoticias.net/v3/cansancao-associacao-dos-agentes-comunitarios-de-saude-marcam-reuniao-com-o-prefeito/#sthash.ovB1YFuh.dpuf

sábado, 6 de julho de 2013

CONACS não podemos esperar pelos outros, quando depende só de nós mesmos!é hora então de todos virem pra cá e escreverem pessoalmente a sua própria história!”. PISO SALARIAL NACIONAL DOS ACS E ACE. PL 7495/06, aprovação Já!


Ruth Brilhante, encerrou as atividades da CONACS dessa semana, fazendo um grande apelo à sua categoria: “Chegou a hora de todos nos unirmos de verdade, isso vale pra nós da CONACS, pra aqueles agentes que estão em outras entidades como a CNTSS, a Federação Nacional dos Agentes de Saúde, Federações Estaduais de ACS e ACE, SINDACS, SINDSAÚDE, Sindicatos de Servidores Municipais e etc.

A mobilização tem que ser única, e sem “bandeira de organização”, mas sim “bandeira da categoria”. Agora é hora dos colegas se mobilizarem na internet, nos blogs, nos facebook’s e se organizarem para vir a Brasília, não podemos esperar pelos outros, quando depende só de nós mesmos! Se é isso que a categoria tanto cobra da CONACS, é hora então de todos virem pra cá e escreverem pessoalmente a sua própria história!”.

PISO SALARIAL NACIONAL DOS ACS E ACE. PL 7495/06, aprovação Já! Agora é hora dos colegas se mobilizarem na internet, nos blogs, nos facebook’s e se organizarem para vir a Brasília mobilização dos 13, 14 e 15 de agosto próximo


Diante da falta de resultados concretos das negociações dos últimos dias pela aprovação do PL 7495/06, as lideranças da CONACS presentes nesta semana em Brasília, decidiram que a categoria deve ser mobilizada em massa e de todas as formas para cobrar dos Deputados e Senadores a imediata aprovação do Piso Salarial.

Não se sustenta mais nenhum canal de negociação com o Governo, já que está claro para nós que a estratégia governista é ‘marcar reunião para definir a data da próxima reunião’, fala da vice-presidente da CONACS Ilda Angélica (CE), ao expor suas considerações na reunião de diretores da CONACS, realizada no fim da tarde dessa quarta-feira. A representante da Bahia e 2ª Secretária da CONACS Marivalda, foi mais direta ainda, “estão nos empurrando com a barriga”.

Assim, por conta dos impasses  provocados com a adesão de todos os Líderes partidários e a resistência do Presidente da Câmara em não pautar o PL 7495/06, a CONACS manifesta-se em caráter de urgência, e resolve adotar os seguintes entendimentos:

1.       Reconhecer que a adesão de todos os Líderes partidários ao pedido de votação imediato do PL 7495/06, é uma clara demonstração de que, o último obstáculo para a aprovação do Piso Salarial da categoria é convencer o Presidente da Câmara Henrique Alves (PMDB/RN), a pautar o PL no plenário da Câmara, e se preciso for, solicitar votação nominal, para o Brasil todo ter  a certeza de quem será a favor ou contra os Agentes de Saúde!

2.       Para não haver questionamentos sobre vício de iniciativa, será necessário alterar em Plenário o texto do relatório final do Deputado Domingos Dutra (PT/MA), fazendo com que, o Piso Salarial para o ano de 2013 seja equivalente à R$ 950,00, ou seja, o mesmo valor da Portaria Ministerial nº 260/13, e portanto, sem impacto financeiro para União, já que está previsto no seu orçamento e ainda já se tem previsão constitucional para a execução dessa despesa, EC 63/10;

3.       A pressão popular jamais vista em nosso País, demonstrou claramente que o grande desejo do povo Brasileiro é as melhorias no SUS, e a solução disso definitivamente não se resume a contratar médicos estrangeiros. Por isso, a CONACS assume a defesa da imediata aprovação da proposta popular de + 10% do PIB para o SUS, fazendo este tema parte das suas reivindicações na
mobilização dos 13, 14 e 15 de agosto próximo, que terá como slogan: (+) 10% do PIB p/ o SUS (-) Corrupção (+) Valorização dos Profissionais da Saúde = PISO SALARIAL NACIONAL DOS ACS E ACE. PL 7495/06, aprovação Já!

Ruth Brilhante, encerrou as atividades da CONACS dessa semana, fazendo um grande apelo à sua categoria: “Chegou a hora de todos nos unirmos de verdade, isso vale pra nós da CONACS, pra aqueles agentes que estão em outras entidades como a CNTSS, a Federação Nacional dos Agentes de Saúde, Federações Estaduais de ACS e ACE, SINDACS, SINDSAÚDE, Sindicatos de Servidores Municipais e etc. A mobilização tem que ser única, e sem “bandeira de organização”, mas sim “bandeira da categoria”. Agora é hora dos colegas se mobilizarem na internet, nos blogs, nos facebook’s e se organizarem para vir a Brasília, não podemos esperar pelos outros, quando depende só de nós mesmos! Se é isso que a categoria tanto cobra da CONACS, é hora então de todos virem pra cá e escreverem pessoalmente a sua própria história!”.

fonte:conacs

quarta-feira, 3 de julho de 2013

CONACS não perdeu a oportunidade de questionar o Líder do Governo, ainda no corredor da sala da Presidência, "porque ele era contra o piso dos Agentes". Surpreso com o questionamento, Arlindo Chinaglia (PT/SP), negou veementemente ser contra o Piso dos Agentes, dizendo que, "quem decidiu não pautar hoje o PL 7495/06 foi o presidente, Deputado Henrique Alves (PMDB/RN)",

DESACORDO ENTRE LÍDER DO GOVERNO E PRESIDENTE DA CÂMARA ADIA VOTAÇÃO DO PISO

   Apesar de todos os líderes partidários da Câmara terem assinado mais um requerimento de inclusão de pauta do PL 7495/06, graças a um jogo de "empurra e empurra" ente Líder do Governo e o Presidente da Câmara, a votação do Piso Salarial ficou novamente adiada.
  
A reunião agendada para hoje ocorreu apenas entre os parlamentares e o Presidente da Câmara, ficando os representantes da CONACS na expectativa de uma boa notícia, fato que ainda não ocorreu, já que, os Deputados saíram frustrados com o posicionamento do Líder do Governo que sozinho conseguiu barrar os inúmeros apelos dos demais líderes, favoráveis à votação imediata do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE.

   Fato curioso é que, a presidente da CONACS não perdeu a oportunidade de questionar o Líder do Governo, ainda no corredor da sala da Presidência, "porque ele era contra o piso dos Agentes". Surpreso com o questionamento, Arlindo Chinaglia (PT/SP), negou veementemente ser contra o Piso dos Agentes, dizendo que, "quem decidiu não pautar hoje o PL 7495/06 foi o presidente, Deputado Henrique Alves (PMDB/RN)", e o que ele fez foi apenas "concordar com o presidente".

  
Tais declarações foram debatidas fortemente  pelos representantes da categoria e parlamentares , e juntos, cobraram do Líder do Governo um posicionamento urgente, visto que, alegou não conhecer a matéria para tomar qualquer decisão.

   Os encaminhamentos imediatamente foram no sentido de buscar através do relator Deputado Domingos Dutra (PT/MA), e outros parlamentares reunião no Gabinete da Liderança do Governo e apresentar as reivindicações da categoria e as negociações até agora realizadas junto ao Governo Federal.

   A CONACS dessa forma,  aguarda para amanhã uma nova reunião com o Presidente da Câmara e diante das declarações da assessoria da Liderança do Governo, espera-se que seja possível se definir a pauta de votação do Piso Salarial.
 
fonte conacs

terça-feira, 2 de julho de 2013

NOTICIAS ,GREVE NACIONAL DOS AGENTES DE SAÚDE EM PROL DA REGULAMENT​AÇÃO EC.63-2010​,PISO SALARIAL NACIONAL ACS E ACE.

NOTICIAS ,GREVE NACIONAL DOS AGENTES DE SAÚDE EM PROL DA REGULAMENT​AÇÃO EC.63-2010​,PISO SALARIAL NACIONAL ACS E ACE.


A CONACS está em Brasília e já articulou vários parlamentares para engrossarem o apelo da categoria pela imediata votação do Piso Salarial.

Segundo Ruth Brilhante, que hoje, conta com a presença de diretores e lideranças da CONACS dos Estados de Goiás, Ceará e Pernambuco, que"dependendo do rumo das reunião dessa semana a categoria será convocada para promover uma grande mobilização por todo o País."

Os representantes da CONACS estarão reunidos hoje e amanhã em
Brasília, e a espectativa é que várias deliberações deverão ser
tiradas.Presidente da Câmara, Deputado Henrique Alves, que se comprometeunessa terça-feira, promover uma reunião com o Líder do Governo naCâmara de Deputados a fim de definir a data de votação do PL 7495/06.


                        Que tal ganhar de 350 ate 500 reais por dia descubra como?

Você vai conhecer agora a Oportunidade de obter ótimos ganhos semanais e mensais TOTALMENTE GRATIS o cadastro, desenvolvendo uma ótima atividade a partir da sua casa nas suas horas livres entre no site e não perca essa otima oportunidade. http://www.e-mai.net/sucessoacs

MATERIAS DO BLOG DO ACS ROBERTO