SEJA UM SEQUIDOR DO BLOG DO ACS ROBERTO

sexta-feira, 29 de julho de 2011

O Ministro Saúde Alexandre Padilha deixo bem claro que e a regulamentação do nosso piso salarial nacional,depende da regulamentação da Emenda 29!

ACS/ACE de todo o Brasil O retorno do Congresso aos trabalhos na próxima semana trará de volta ao centro das atenções a regulamentação do piso salarial dos agentes comuniatrio ACS/ACE de todo o Brasil O retorno do Congresso aos trabalhos na próxima semana trará de volta ao centro das atenções a regulamentação do piso salarial dos agentes comuniatrio de saúde e agentes combate ás de endemias, bem como também a polêmica regulamentação dos gastos com saúde pela Emenda 29, que pode engessar o Orçamento federal,

E o que ira abri caminho, PARA A REGULAMENTAÇÃO DO NOSSO PISO será a regulamentação da emenda 29 pois só assim o governo federal enviará o projeto de lei fixando o valor do nosso piso nacional, isso deixo bem claro o Ministro Saúde Alexandre Padilha no encontro do dia 21/07/2011 com OS REPRESENTANTES DE ACS/ACE DE CADA ESTADO, e a CONACS.

É nesse cenário de descontentamentos em ebulição e insatisfações, de alguns parlamentares, que estaremos lá acs/ace de todo o Brasil para que se discutar uma posição em relação ao tema mais polêmico atual do Brasil que e a regulamentação da Emenda 29, pós só atravéz dela e que conseguiremos a nossa regulamentação do nosso piso salarial nacional, ou seja a regulamentação da ec 63.

fonte:acs Roberto

ASSEMBLÉIA GERAL DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE E AGENTES DE COMBATE ÀS ENDEMIAS DE ITABIRA-MG É INDISPENSÁVEL À PRESENÇA DE TODOS OS ACS/ACE!

ASSEMBLÉIA GERAL DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE E AGENTES DE COMBATE ÀS ENDEMIAS DE ITABIRA-MG


CONVITE ESPECIAL
EU, ACE PRISCILA, CONVIDO A TODOS OS ACE E ACS PARA UMA GRANDE ASSEMBLÉIA QUE SE REALIZARÁ NO DIA 04/08/2011, ÁS 18H NA CÂMARA MUNICIPAL;

ASSUNTOS QUE SERÃO DISCUTIDOS:

· PISO SALARIAL NACIONAL DE 1090 REAIS PARA OS ACS E ACE (PL 7.045/06 E PL 6111/09)

Discutiremos sobre o que está acontecendo em Brasília, à forma de conseguirmos apoio para nos mobilizarmos mais, provável data para se regulamentar a Emenda Constitucional 63 e ser aprovado nosso piso de 1.090 reais. O que ainda falta para que isso a aconteça?

· A LUTA QUE DEVEMOS TRAVAR A NÍVEL ESTADUAL

Piso único estadual; quais apoios que já conseguimos; quais ainda precisamos conseguir; a união dos sindicatos dos ACS E ACE de todo o estado numa mesma luta;

· NOSSA LUTA A NÍVEL MUNICIPAL

1. QUAIS SÃO NOSSOS DIREITOS?

2. QUAIS NÃO ESTÃO SENDO CUMPRIDOS?

3. O QUE TEMOS QUE FAZER PARA QUE DEIXEMOS DE SER FUNÇÃO PÚBLICA E PASSARMOS A SER CARGO PÚBLICO?

4. FALTA DE APOIO DO SINTSEPMI EM NOSSA LUTA

5. APOIO QUE CONQUISTAMOS DO SECRETÁTIO DA SAÚDE

É INDISPENSÁVEL À PRESENÇA DE TODOS OS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE E AGENTES DE COMBATE A ENDEMIAS.

“QUEM SABE FAZ À HORA, NÃO ESPERA ACONTECER”

ACE PRISCILA MIRANDA XAVIER COSTA

acepriscila.blogspot.com / pri.primiranda@hotmail.com

(31 87192523 oi, 3194325193 tim, 3182250755 claro, 3196997987 vivo)

A CONACS deverá pedir ao Relator e demais Parlamentares que insistam na proposta de que o Governo encaminhe o seu PL para que a discussão avance !

Com o objetivo de concluir as discussões do Piso Salarial Nacional e PL 7495/06 QUE CRIA EMPREGOS PÚBLICOS NA FUNASA, a Comissão Especial que analisa a definição de um piso salarial nacional para agentes comunitários de saúde e agentes de endemias estará realizando seminarios em diversos estados do Brasil.

O primeiro estado que irá ocorrer o seminário será em Goiás, na cidade de GOIÂNIA

no dia (05/08/2011 - SEXTA-FEIRA

Tema: Seminário sobre o Projeto de Lei nº 7.495/06 e seus apensos
.

Coordenador: Deputado JORGE PINHEIRO.

Convidados:

1 - Governador MARCONI PERILO;

2 - Deputado Estadual JARDEL SEBBA, Presidente da Assembléia Legislativa;

3 - Deputado Federal DOMINGOS DUTRA, relator no âmbito da Comissão Espcial;
4 - Deputados Federais PEDRO CHAVES, FLÁVIA MORAIS e LEANDRO VILELA, membros da Comissão Especial;

5 - Prefeito MARCIO CECÍLIO CECILIANO, Presidente da Associação Goiana de Municípios;

6 - Parlamentares da Bancada Federa do Estado de Goiás;

7- Sra. RUTH BRILHANTE DE SOUZA, Presidente da Confederação Nacional dos Agentes
Comunitário de Saúde- CONACS;

8- Dra. ELANE ALVES DE ALMEIDA, Assessora Jurídica da CONACS;

9- HUSAIM KAMAL ED DIM SAMU, Presidente do Conselho Estadual de Secretários de Saúde do Estado de Goiás;
10- ANTÔNIO FALEIROS FILHO, Secretário Estadual de Saúde do Estado de Goiás;
11 - Representantes dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes e Agentes às Endemias de Saúde.

(Req. nº 10/11, autor, Dep. JORGE PINHEIRO.)



Os próximos passos será agora uma reunião com o Ministro Saúde Alexandre Padilha que está marcada para o dia 02/08/2011, e estarão presentes os Parlamentares membros da Comissão Especial. A CONACS deverá pedir ao Relator e demais Parlamentares que insistam na proposta de que o Governo encaminhe o seu PL para que a discussão avance na Comissão Especial. Essa é a condição para a categoria efetivamente se mobilizar na aprovação da regulamentação da EC 29.

Enquanto isso não acontece, me permita ser objetivo quanto ao que se refere há enrolacão que o governo federal, mais expesificamente a presidente Dilma Rouseff em não enviar logo esse projeto de lei definido o valor do nosso piso salarial nacional será que a historia ira se repetir como aconteceu no ano passado.

Será que não está na hora de tomar-mos uma atitude mais radical como uma greve nacional? enfim que cada um tire as suas próprias conclusões.

Bem, certo estou que minhas motivações não estavam em momento algum apoiadas na expectativa e nem fora da realidade,porem se faz necessário agir e agir logo! e possível sim que a regulamentação saia este ano mais percebo que chegou a hora de pensar seriamente em uma greve nacional.

acs Roberto

quinta-feira, 28 de julho de 2011

PAUTA DE REUNIÃO EM 5/8/2011 às 14h - C O N F I R M A D A PROGRAMAÇÃO DO SEMINÁRIO EM GOIÂNIA

PL 7495/06 - CRIA EMPREGOS PÚBLICOS NA FUNASA
54ª Legislatura - 1ª Sessão Legislativa Ordinária

PAUTA DE REUNIÃO EM 5/8/2011 às 14h - C O N F I R M A D A

PROGRAMAÇÃO DO SEMINÁRIO EM GOIÂNIA
(05/08/2011 - SEXTA-FEIRA

Tema: Seminário sobre o Projeto de Lei nº 7.495/06 e seus apensos.

Coordenador: Deputado JORGE PINHEIRO.

Convidados:


1 - Governador MARCONI PERILO;


2 - Deputado Estadual JARDEL SEBBA, Presidente da Assembléia Legislativa;


3 - Deputado Federal DOMINGOS DUTRA, relator no âmbito da Comissão Espcial;

4 - Deputados Federais PEDRO CHAVES, FLÁVIA MORAIS e LEANDRO VILELA, membros da Comissão Especial;


5 - Prefeito MARCIO CECÍLIO CECILIANO, Presidente da Associação Goiana de Municípios;


6 - Parlamentares da Bancada Federa do Estado de Goiás;
7- Sra. RUTH BRILHANTE DE SOUZA, Presidente da Confederação Nacional dos Agentes Comunitário de Saúde- CONACS;


8- Dra. ELANE ALVES DE ALMEIDA, Assessora Jurídica da CONACS;

9- HUSAIM KAMAL ED DIM SAMU, Presidente do Conselho Estadual de Secretários de Saúde do Estado de Goiás;
10- ANTÔNIO FALEIROS FILHO, Secretário Estadual de Saúde do Estado de Goiás;


11 - Representantes dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes e Agentes às Endemias de Saúde.

(Req. nº 10/11, autor, Dep. JORGE PINHEIRO.)

Voltou afirmar não estou atacando ninquem,no mais espero que essa realidade possa mudar e que mude pra melhor!

Não quero aqui fazer ataques a ninquêm, nem tão pouco que isso vire retaliações contra a minha pessoa, porem se faz necesssario uma pergunta e gostaria que alguém me respondesse! os representantes de acs/ace de cada estado do Brasil que frequentemente viajam para Brasília, porque que eles não divulgam as informações para os outros acs/ace de seus estados de tudo o que esta acontecendo com a nossa categoria?

O mais interessante nisso tudo e que recebo diariamente e mails e telefonemas de acs/ace de todo o Brasil, reclamando que seus representante, esses que sempre estão em Brasília não passam nenhuma informação para eles. O mais interessante também e que sempre são os mesmo que vão sempre a Brasília, a anos que estão na luta e pasme não conheço nem um que tenha pelo menos um blog para informar os acs/ace.

Não estou aqui atacando niquem, porem e necessário falar algumas verdades por que quando nós calamos, somos responsável também por um sistema no qual particularmente considero como extremamente fictício! ate por que ir só por ir e melhor fica em casa.

Voltou afirmar não estou atacando ninquem,no mais espero que essa realidade possa mudar e que mude pra melhor!



acs Roberto

quarta-feira, 27 de julho de 2011

ACE e ACS de Cachoeira protestam pelas ruas da cidade A caminhada foi decidida em assembléia e coordenada pelo Sindacs/BA





ACE e ACS de Cachoeira protestam
pelas ruas da cidade

Na manhã da última terça-feira (26), os ACE e ACS de Cachoeira realizaram uma caminhada, pelas principais ruas da cidade, para reivindicar melhorias nas condições de trabalho. A caminhada partiu da Câmara de Vereadores, onde foi realizada uma reunião, e depois seguiu em direção às ruas do comércio da cidade. Participaram da passeata 72 dos 140 agentes de saúde do município.

A caminhada foi decidida em assembléia e coordenada pelo Sindacs/BA. Segundo o coordenador de formação do sindicato, Edson Morais, a caminhada não teve o intuito de protesto, mas de mostrar principalmente à comunidade as reivindicações, situação do trabalhador no município e andamento das negociações. "Não queremos atacar a prefeitura, queremos ser reconhecidos", enfatizou Edson.

Foram enumerados 12 pontos de pauta para reivindicações, dentre elas fardamento e material adequado, direitos instituídos por lei, negociação salarial, reconhecimento do trabalhador estatutário e questões ligadas a irregularidades na previdência e repasse do FGTS.

Um agente de saúde, que por questão de segurança seu nome não será revelado, trabalha há oito anos como agente de saúde e não sabe se seu vínculo empregatício é celetista ou estatutário. O que ele sabe seguramente é que não paga previdência social nem tem PIS/PASEP nem fundo de garantia. Ele não tem nada. Esse “nonada” servidor é 1 dos 139 outros “nonadas” agentes de saúde servidores lotados na PMC.

Após sete meses de tentativa de diálogo com o prefeito da cidade, Fernando Antônio (Tato) foi agendada para a próxima sexta-feira (29), às 8h, uma reunião com os representantes e delegados do sindicato para discutir as reivindicações.

Texto: Lorena Morais (blog: Retrato do Recôncavo)
Adaptações: Priscila Bastos DRT 3881
Fotos: Rubson Santos/Lorena Morais/ Edson Morais

terça-feira, 26 de julho de 2011

Sindacs/BA faz proposta para firmar acordo em mais uma tentativa de buscar uma solução para a categoria

Sindacs/BA faz proposta para firmar acordo

A Direção Estadual do Sindacs/BA, representantes da AACES e o quarto seguimento, em mais uma tentativa de buscar uma solução para a categoria com a Casa Civil esteve em reunião, na última segunda-feira (25), com a presença da controladoria do município, Lisiane Guimarães, a Coordenadoria de Desenvolvimento e Recursos Humanos da SMS, Maria do Socorro e o secretário de saúde Gilberto José.

Marcada por muita tensão a reunião teve início às 17h, a prefeitura manteve a proposta de 6,86% para o salário dos Agentes de Saúde, o órgão alegou que qualquer valor acima deste ultrapassa o limite da lei de responsabilidade fiscal. Neste momento torna-se ainda mais acirrada a discussão com os representantes dos trabalhadores.

Em meio ao impasse que perdurava na reunião e as partes não chegavam a nenhum consenso, o Sindacs/BA e as demais representações apresentara uma alternativa para acabar com o impasse, fazendo ao município uma proposta irrecusável: um complemento salarial para que o salário alcance o valor de R$679,00. A sugestão teve apoio dos vereadores que participaram da mediação e que tentaram convencer o secretário de saúde, que se comprometeu a discutir a proposta com o Secretario da Fazenda Municipal.

Com isso uma nova concentração dos ACS e ACE acontece hoje (26), na Praça Castro Alves, a partir das 14 h. O Sindacs/BA, a AACES e o quarto seguimento vão participar de uma nova reunião para se obter um retorno da proposta feita ao secretário de saúde.

O Sindacs/BA informa aos trabalhadores que não foi dada lista para assinar, visto que, na mesa foi solicitado que esta fosse distribuída no dia 26 de julho. Desta forma, os trabalhadores que não puderem comparecer devem apresentar atestados e/ou justificativa na sede do sindicato.

Priscila Bastos
DRT/BA 3881

Secretaria de Saúde do Paulista-PE é a Secretaria dos Intocavéis, diz não mais uma vez aos Agentes de Saúde.

A Secretária de Saúde de Paulista-PE, Diz não mais uma vez, para todos Agentes de Saúde do Município.

Hoje pela manhã a Diretoria do SINDACS-PE foram falar com a Secretária de Saúde do Paulista-PE, Srª Terezinha Amouzinho, pois a mesma mais um vez não recebe os representantes da Categoria.

Já fazem mais de 03(três) Meses que a Categoria fez uma pauta de reivindicações em Assembleia e entregou na Secretaria de Saúde do Município na esperança de ser atendidos nossos anseios, mas como já falei, nossos gestores intocáveis não receber ninguém mais uma vez.

Mas Graças a Deus a Diretoria do SINDACS-PE, Incansaveis e determinados a sempre lutar pela Categoria foram em Busca do Prefeito Yves Ribeiro, pois ele sempre diz que em seu governo os Secretarios recebem a População e os Trabalhadores para ouvi suas Reivindicações, mas infelizmente isso não acontece na Secretaria de Saúde do Município na pessoa da Srª Terezinha Amouzinho.

E em busca do Prefeito fomos até o gabinete do Secretário do Governo do Município Laercio, onde fomos recebido por SrºAlencar, Secretário de Projeto Especial, onde ficou decidido que o SINDACS-PE, levaria um Ofício junto com a pauta de reinvidicação da Categoria para agendar uma reunião com Prefeito Yves Ribeiro.

Companheiros foi quando lembrei de uma pessoa que sempre ajudou os Agentes de Saúde aqui em Paulista, e hoje ele esta fazendo parte do Governo do Município é o nosso Amigo Jorge Carrero que hoje é Secretário de Planejamento e Meio Ambiente.

Companheiros ele nos recebeu muito bem, prometeu nos ajudar e por incrível que pareça ele tem um Projeto muito bom para nossa Categoria aqui em Paulista-PE.



QUERO AQUI AGRADECER OS COMPANHEIROS DA DIRETORIA DO SINDACS-PE, PELO EMPENHO DADO PELA NOSSA CATEGORIA EM TODO ESTADO E PRINCIPALMENTE AQUI EM PAULISTA, O QUAL TENHO ACOMPANHADO TUDO DE PERTO.


QUERO TAMBÉM AGRADECER O SECRETÁRIO ALENCAR E O SECRETÁRIO E AMIGO, JORGE CARRERO, POR NOS RECEBER E PELA PROMESSA DE NOS AJUDAR.
UM ABRAÇO A TODOS.

BIO acs é vida.

fonte:BIO ACS

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Piso Salarial é uma discussão que envolve vários fatores, mas será muito mais fácil encontrar uma solução com o PL do Governo na Câmara de Deputados,



O Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, sinalizou de forma muito positiva a proposta da implantação escalonamento do Piso Salarial dos acs/ace apresentada pela CONACS sabendo que ele o ministro que conhece bem a nossa luta sendo assim uma peça fundamental para o elo de comunicação com a presidente Dilma Rouseff, não qual ira bate o martelo no que se refere ao projeto de lei que definirá o valor do piso e a forma de como será implantado o piso nacional.

No encontro do dia 21/07/2011 OS REPRESENTANTES DE ACS/ACE DE CADA ESTADO se reunirão pedindo o apoio do ministro da saúde entre eles estava a presidente da Febacs da Bahia, Lúcia Gutenberg.

A regulamentação do piso salarial dos agentes comunitário de saúde e agentes de combate as endemias só será de fato concretizada após a regulamentação da emenda 29, ou seja após a regulamentação da emenda 29 espera-se que o governo envie o projeto de lei federal fixando o valor do nosso piso.

Por sua vez a CONACS apresentou ao Ministro Padilha números esclarecedores sobre o impacto financeiro e principalmente sugeriu que a discussão do Piso Salarial acontecesse a partir do encaminhamento do PL do Executivo à Câmara de Deputados.

VEJA AGENDA DOS SEMINÁRIOS ESTADUAIS

DATA COORDENADOR LOCAL

05/08/2011 DEP. JORGE PINHEIRO PRB/GO Assembléia Legislativa, Goiânia - GO, às 14:00h

12/08/2011 DEP. RAIMUNDO GOMES DE MATOS PSDB/CE Assembléia Legislativa, Fortaleza - GO, às 09:00h

19/08/2011 DEP. GERALDO RESENDE PMDB/MS Campo Grande - MS


18/08/2011 Amauri Teixeira PT/BA
Alice Portugal PC do B/BA Assembléia Legislativa, Salvador - BA

22/08/2011 Aracaju - SE

12/09/2011 DEP. ANGELO AGNOLIN PDT/TO Palmas - TO

sábado, 23 de julho de 2011

A regulamentação do Piso Salarial Nacional DOS ACS/ACE depende da DILMA ROUSEFF Acs Roberto informar!




O Ministro da Saúde, Alexandre Padilha acentuou que considera um desafio regulamentação do Piso Salarial Nacional da categoria, e que no processo de discussão temos que resolver questões como:

Regulamentação da Emenda 29, pois a solução para mais recursos para a Saúde depende da aprovação dos projetos que estão tramitando no Congresso Nacional;O consenso com os representantes dos Gestores Municipais e Apoio de todos os Líderes partidários no Congresso Nacional será mais que eficaz para a regulamentação do piso nacional dos acs/ace
.

No texto logo acima esta mais que claro que a regulamentação do piso salarial dos agentes comunitário de saude e agentes de combate as endemias só será de fato concretizada após a regulamentação da emenda 29, ou seja após a regulamentação da emenda 29 espera-se que o governo envie o projeto de lei federal fixando o valor do nosso piso.

Particularmente amigos acs/ace eu acs Roberto li o texto da conacs diversas vezes para da minha opinião concernente o que de fato vira acontecer com a REGULAMENTAÇÃO DA EC 63 E OS PRÓXIMOS PASSOS e para que vocês possam ter uma melhor assimilação do que esta acorrendo e o que ira ocorrer pois sei que os acs/ace busca atravez do meu blog informações claras e de fácil comprienção.

Sendo assim o que entendi e que Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, sinalizou de forma muito positiva a proposta da implantação escalonamento do Piso Salarial dos acs/ace apresentada pela CONACS sabendo que ele o ministro! e uma peça fundamental para o elo de comunicação com a presidente Dilma Rouseff, não qual ira bate o martelo no que se revere ao projeto que definirá o valor do piso e a forma de como será implantado.

Por sua vez a CONACS apresentou ao Ministro Padilha números esclarecedores sobre o impacto financeiro e principalmente sugeriu que a discussão do Piso Salarial acontecesse a partir do encaminhamento do PL do Executivo à Câmara de Deputados.

Segundo a Presidente da CONACS Ruth Brilhante: “Sabemos que a regulamentação do Piso Salarial é uma discussão que envolve vários fatores, mas será muito mais fácil encontrar uma solução com o PL do Governo na Câmara de Deputados, fato que servirá inclusive para nos inserirmos de uma vez na mobilização de regulamentação da EC 29 e abrir um canal de diálogo com os gestores”.

fonte: acs Roberto

A CNTSS reuniu-se com o Ministro da Saúde Alexandre Padilha Na pauta: A regulamentação da EC-63, que dispõe sobre o piso nacional







A CNTSS reuniu-se com o Ministro da Saúde Alexandre Padilha. A audiência aconteceu, nesta quinta-feira 21, às 18h, no gabinete do Ministro. Na pauta: A regulamentação da EC-63, que dispõe sobre o piso nacional; a mudança da forma de financiamento dos Agentes de Combate as Endemias; e uma política de Saúde do Trabalhador ACS e ACE que lhes garanta DIREITOS TRABALHISTAS COMO: aDICIONAL A INSALUBRIDADE, EPIS – EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL e outros.



Fernando Cãndido, diretor da CNtss iniciou argumentando que a confederação tem em seus quadros 13 sindicatos de acs e ace de estados diferentes e esta categoria tem cobrado a regulamentação da ec-63, o governo federal repassa 750,00 que representa 1.38% do valor almejado pela categoria que é um salário de 1.090,00. quanto aos ace é extremamente importante que o governo federal publique uma portaria nos mesmos moldes e com o mesmo valor da portaria dos agentes comunitários de saúde e como forma do país quitar a devida com estes trabalhadores foi afirmado pelo sindicalista a necessidade do ministério da saúde promover políticas de incentivo e sobre tudo fiscalizar os municípios que não asseguram para a categoria os direitos trabalhistas.


O coordenador geral da coordenação nacional dos acs e ace da cntss-cut, robson gois resgatou que o ministro alexandre padilha, tem conhecimento da nossa causa, pois na época que era minstro de relações institucionais acompanhou de perto nossa luta. disse ainda que as propostas alí apresentadas pela cntss são concretas e possíveis de juntos construirmos a regulamentação do piso.


Robson ainda relembrou que toda a pauta da categoria já havia sido discutida com o secretário de regulação do trabalho, professor milton arruda no dia em que a cntss fez um ato nacional de apoio a categoria e que o mesmo se comprometeu em remeter a pauta dos agentes para o comitê de desprecarização da mnnps-sus – mesa nacional permanente do sus, no entanto é necessário o apoio do ministro nas negociações.


O ministro da saúde, alexandre padilha auguiu que o compromisso de pautar as reivindicações dos agentes no comitê de desprecarização da mnnp-sus, colocado pelo professor milton arruda tá mantido e que temos seu apoio, mas, precisamos potencializar toda nossa força no que nos une, ou seja, a regulamentação do piso dos agentes, depende necessariamente da regulamentação da ec-29, pois o brasil precisa definir claramente o financiamento do sus.


FONTE:CNTSS

sexta-feira, 22 de julho de 2011

CONACS apresentou ao Ministro Padilha a proposta de escalonamento do Piso Salarial Nova reunião com o Ministro Saúde está marcada para dia 02/08/2011

Com o objetivo de concluir a discussão do Piso Salarial Nacional, a CONACS apresentou ao Ministro Padilha a proposta de escalonamento do Piso Salarial, apresentou números esclarecedores sobre o impacto financeiro e principalmente, sugeriu que a discussão do Piso Salarial acontecesse a partir do encaminhamento do PL do Executivo à Câmara de Deputados.

O Ministério levará em consideração as deliberações das diversas instâncias de negociação do SUS, e sugeriu a imediata criação do COMITÊ DE DESPRECARIZAÇÃO DOS VÍNCULOS EMPREGATÍSSIOS DOS TRABALAHDORES DO SUS, sendo acatada a proposta da CONACS em ser criado dentro desse Comitê um GT (grupo de trabalho) para aprimorar a proposta do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE;


Implantação em parceria com a CONACS e outras entidades de uma Pesquisa Nacional em que se levará em consideração o levantamento de dados como:

O nº exato de ACS e ACE em atividade, sexo, idade, e a formação;
Quais as condições de trabalhos, vínculo empregatício, salário, etc;


O Ministro acentuou que considera um desafio a regulamentação do Piso Salarial Nacional da categoria, e que no processo de discussão temos que resolver questões como:

Regulamentação da Emenda 29, pois a solução para mais recursos para a Saúde depende da aprovação dos projetos que estão tramitando no Congresso Nacional;


O consenso com os representantes dos Gestores Municipais;
Apoio de todos os Líderes partidários no Congresso Nacional
;

Segundo a Presidente da CONACS Ruth Brilhante: “Sabemos que a regulamentação do Piso Salarial é uma discussão que envolve vários fatores, mas será muito mais fácil encontrar uma solução com o PL do Governo na Câmara de Deputados, fato que servirá inclusive para nos inserirmos de uma vez na mobilização de regulamentação da EC 29 e abrir um canal de diálogo com os gestores”.

PRÓXIMOS PASSOS

Nova reunião com o Ministro Saúde está marcada para o dia 02/08, e estarão presentes os Parlamentares membros da Comissão Especial. A CONACS deverá pedir ao Relator e demais Parlamentares que insistam na proposta de que o Governo encaminhe o seu PL para que a discussão avance na Comissão Especial. Essa é a condição para a categoria efetivamente se mobilizar na aprovação da regulamentação da EC 29.


fonte: acs Roberto e conacs

Ministro da Saúde recebe a CONACS e dá um importe passo rumo à regulamentação do Piso Salarial Nacional

A CONACS dá um importe passo rumo à regulamentação do Piso Salarial Nacional. Nessa quinta-feira, a CONACS foi recebida pelo Ministro da Saúde, Alexandre Padilha acompanhado de toda sua assessoria.

O Ministro Padilha abriu a reunião que acredita que só com o “trabalhador forte teremos um SUS forte” e demonstrou estar afinado com a discussão do Piso Salarial e de maneira muito tranqüila conduziu a reunião com os representantes da CONACS e por mais de 2 horas apresentou propostas, idéias, ouviu com atenção as propostas da categoria e as discutiu, sinalizando de forma muito positiva sobre a proposta da implantação escalonada do Piso Salarial apresentada pela CONACS.

RESUMO DAS PROPOSTAS E DISCUSSÃO APRESENTADAS PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE


O Ministério levará em consideração as deliberações das diversas instâncias de negociação do SUS, e sugeriu a imediata criação do COMITÊ DE DESPRECARIZAÇÃO DOS VÍNCULOS EMPREGATÍSSIOS DOS TRABALAHDORES DO SUS, sendo acatada a proposta da CONACS em ser criado dentro desse Comitê um GT (grupo de trabalho) para aprimorar a proposta do Piso Salarial Nacional dos ACS e ACE;
Implantação em parceria com a CONACS e outras entidades de uma Pesquisa Nacional em que se levará em consideração o levantamento de dados como:
O nº exato de ACS e ACE em atividade, sexo, idade, e a formação;
Quais as condições de trabalhos, vínculo empregatício, salário, etc;


O Ministro acentuou que considera um desafio a regulamentação do Piso Salarial Nacional da categoria, e que no processo de discussão temos que resolver questões como:
Regulamentação da Emenda 29, pois a solução para mais recursos para a Saúde depende da aprovação dos projetos que estão tramitando no Congresso Nacional;


O consenso com os representantes dos Gestores Municipais;
Apoio de todos os Líderes partidários no Congresso Nacional;
DO POSICIOAMENTO DA CONACS

Com o objetivo de concluir a discussão do Piso Salarial Nacional, a CONACS apresentou ao Ministro Padilha a proposta de escalonamento do Piso Salarial, apresentou números esclarecedores sobre o impacto financeiro e principalmente, sugeriu que a discussão do Piso Salarial acontecesse a partir do encaminhamento do PL do Executivo à Câmara de Deputados.

Segundo a Presidente da CONACS Ruth Brilhante: “Sabemos que a regulamentação do Piso Salarial é uma discussão que envolve vários fatores, mas será muito mais fácil encontrar uma solução com o PL do Governo na Câmara de Deputados, fato que servirá inclusive para nos inserirmos de uma vez na mobilização de regulamentação da EC 29 e abrir um canal de diálogo com os gestores”.

DOS ENCAMINHAMENTOS

Entre os principais encaminhamentos extraídos da reunião entre a CONACS e o Ministério da Saúde,
temos:
Criação do Comitê de Desprecarização, com a participação efetiva da CONACS;
Criação do GT específico para discutir a regulamentação do Piso Salarial, a partir das propostas de escalonamento apresentadas pela CONACS, os números apresentados pela CNM e os PL’s que se encontram em tramitação na Comissão Especial do PL 7495/06
PRÓXIMOS PASSOS

Nova reunião com o Ministro Saúde está marcada para o dia 02/08, e estarão presentes os Parlamentares membros da Comissão Especial. A CONACS deverá pedir ao Relator e demais Parlamentares que insistam na proposta de que o Governo encaminhe o seu PL para que a discussão avance na Comissão Especial. Essa é a condição para a categoria efetivamente se mobilizar na aprovação da regulamentação da EC 29.


fonte: conacs

NOVIDADES SOBRE O PISO SALARIAL DOS ACS/ACE DO BRASIL ACS ROBERTO INFORMAR




Estamos entrando em uma fase na qual considero companheiros acs/ace como uma fase de maior importância para nossa categoria, a possibilidade da regulamentação do nosso piso salarial nacional isso e evidente!


Porém se tornar necessário que os elos de comunicação da nossa entidade (conacs) se torne cada vez mais constante detalhando sistematicamente os passos dados da mesma! afinal de contas pra isso e que ser ver o site da conacs.

Isso falo não como critica e sim uma observação de um assíduo leitor do site da conacs, enquanto isso, desejo informar aos colegas acs/ace os próximos passos da comissão especial que trata do piso dos acs/ace a onde serão realizados seminários em diversos estados.veja

AGENDA DOS SEMINÁRIOS ESTADUAIS

DATA COORDENADOR LOCAL

05/08/2011 DEP. JORGE PINHEIRO PRB/GO Assembléia Legislativa, Goiânia - GO, às 14:00h

12/08/2011 DEP. RAIMUNDO GOMES DE MATOS PSDB/CE Assembléia Legislativa, Fortaleza - GO, às 09:00h

19/08/2011 DEP. GERALDO RESENDE PMDB/MS Campo Grande - MS



18/08/2011 Amauri Teixeira PT/BA
Alice Portugal PC do B/BA Assembléia Legislativa, Salvador - BA

22/08/2011 Aracaju - SE

12/09/2011 DEP. ANGELO AGNOLIN PDT/TO Palmas - TO

COMUNICADO URGENTE DO ACS ROBERTO!

Primeiro quero informar aos acs/ace que acessam meu blog que tentei insistentemente ligar em busca de informações da conacs e seus diretores de comunicação, sobre uma possível reunião que teria acontecido com o ministro da saúde Alexandre Padilha no dia 21/07/2011 para tratar sobre o piso nacional doas agentes comunitário de saúde e agentes de endemias porem lamentavelmente não tive êxito.

Por certo acredito que essa informações não chegaram ao conhecimento do grande publico de acs/ace do Brasil devido a uma lacuna de comunicação da conacs ou uma avaria dos mesmo!

Por isso amigos acs/ace ainda não tenho nenhuma informações por certo quando tiver colocarei no site, essa insistência pode ser extremamente desgastante porem tenho que fazer o meu papel aguardem novidades se e que há temos.

acs Roberto

ACS e ACE continuam na luta pelo reajuste salarial Sindacs/BA



ACS e ACE continuam na luta pelo reajuste salarial

Na tarde da última quinta-feira (21), às 15h, a categoria esteve reunida em frente a Câmara Municipal para assembléia extraordinária. No mesmo momento a Direção Estadual do Sindacs/BA, com a comissão, previamente organizada, esteve reunida na prefeitura de Salvador com o secretário da Casa Civil, João Leão, os vereadores, Téo Senna (PTC), Gilmar Santiago (PT)e Marta Rodrigues (PT); entre outras autoridades como, a Coordenadoria de Desenvolvimento e Recursos Humanos da SMS, Maria do Socorro, a subsecretária da Seplag, Luciana Barreto, a Controladoria do município, Lisiane Guimarães.

A proposta dada pelo secretário da Casa Civil na reunião foi o reajuste de R$ 545,00, mas o sindicato e a categoria almejam o reajuste de R$817, ou ao menos R$ 679, com a equiparação dos trabalhadores de 40h.

O diálogo com o secretário da Casa Civil não tem sido fácil, o mesmo tem sido irredutível na mesa de negociações, alegando que recentemente deu o reajuste de 6% aos servidores da prefeitura e que não há condições de oferecer mais aos ACS e ACE.

Na segunda-feira (25) a comissão vai está mais uma vez em reunião, às 16h, mas desta vez, não mais com a participação do secretário da Casa Civil. "O sindicato e a categoria não vai arredar o pé enquanto a nossa reivindicação não for atendida", destacou o coordenador geral do Sindacs/BA, Aldenilson Rangel.

Diante da situação, a categoria vai está mais uma vez parando o Iguatemi, às 9h, desta sexta-feira (22). Os ACS e ACE não vão esmurecer diante do impasse nas negociações. A greve histórica da categoria tem deixado os trabalhadores convictos da necessidade de continuar lutando pelo que apenas é de direito deles.

Priscila Bastos DRT/BA 3881

quinta-feira, 21 de julho de 2011

QUAL É A DA CONACS? Infelizmente não terei como representar os blogueiros dessa vez, pois fui avisada de última hora ace Priscila





Óntem por volta das 17h recebi um telefonema da dr. Elane perguntando se poderia confirmar minha presença em Brasília hoje, para a reunião com o Padilha. Infelizmente não terei como representar os blogueiros dessa vez, pois fui avisada de última hora.


Não deu tempo de correr atrás de verba, nem de liberação e muito menos daria tempo de chegar lá hoje se eu fosse de ônibus. Ela disse que não ligou antes porque foi confirmada a reunião anteóntem, mas se ela tivesse ligado no mesmo dia ou óntem pela manhã eu iria


Prevista reunião com representação dos agentes de saúde e o Ministro Padilha para discutir sobre o piso salarial da categoria

hoje 21/07/2011, as 15 horas a conacs e os representantes dos estados se reunirão com o ministro da saúde para discutir com A CONACS sobre o piso nacional da categoria. No dia 14 estava agendado um encontro, mas o ministro não os recebeu. Aguardem maiores informações!!!

fonte:ace Priscila

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Agentes de Combate às Endemias de Salvador, estão em greve há mais de um mês.




Amauri Teixeira se solidariza
com greve dos ACS e ACE

O deputado federal Amauri Teixeira (PT/BA) ocupou a tribuna da Câmara dos Deputados para expressar sua solidariedade aos Agentes de Combate às Endemias de Salvador, que estão em greve há mais de um mês. “Quero dizer ao Secretário de Saúde, ao Secretário da Fazenda e ao Prefeito de Salvador que esses trabalhadores são muito importantes”, afirmou.

Amauri informa que Salvador está sob ameaça de uma epidemia de dengue, e a Prefeitura sentou com esses trabalhadores, mas não atendeu às suas reivindicações. Os trabalhadores estão pedindo 66% de reajuste, o salário passaria de 510 para 850 reais, além de antecipação dos efeitos financeiros e mudança de regime.

O parlamentar apela a Secretaria municipal de Saúde para, junto com a Secretaria municipal de Planejamento, Tecnologia e Gestão (SEPLAG) e com a Secretaria municipal da Fazenda (SEFAZ), encontrem o mais rápido possível uma solução para esse impasse, pois o movimento evolui. E se faz necessário encontrar formas para atenderem ao pleito, pois o não atendimento pode agravar mais ainda o problema da infestação predial e proliferar de forma incontrolável os casos de dengue na cidade. É preciso, portanto, que a Prefeitura de Salvador redimensione os gastos municipais e priorize a saúde pública.

Texto com adaptações
Priscila Bastos
DRT/BA 3881

terça-feira, 19 de julho de 2011

Chegou a hora de todos se unirem, independente da sigla partidária ou da entidade de classe que sejam filiados, todos os ACS e ACE devem se mobilizar




A mais de 3 anos O BLOG ACS ACS ROBERTO esta no ar como o objetivo primordial de informar os acs/ace de todo o Brasil, enfrentamos momentos de grandes vitórias, mas também de muitas decepções e por que não fala traições.

Sem dúvida a aprovação da PEC 391/09 foi uma vitória, e a não regulamentação da EC 63no ano de 2010 pelo Presidente Lula foi uma grande decepção a onde erramos, se e que erramos! o que podemos mudar para que erros do passado não torne acontecer novamente, afinal de contas para mim e bem evidente que isso possa novamente ocorrer em especial no que se refere ao vídeo logo acima e só raciocinar!

Como disse a presidente da conacs a senhora Ruth Brilhante:É muito exaustivo para todos nós que deixamos nossas casas, nossas famílias, a nossa vida em prol dessa luta por um salário mais digno, ainda encontramos colegas nas nossas bases que pensam que “se conseguir pra eles eu também vou ter...

Em parte isso é verdade, pois eu e todas as nossas lideranças somos ACS ou ACE, porém, o comodismo de pessoas que pensam daquela forma atrasam nossas conquistas, enfraquecem nossos movimentos e promovem a “desunião” de nossa categoria!


Chegou a hora de todos se unirem, independente da sigla partidária ou da entidade de classe que sejam filiados, todos os ACS e ACE devem se mobilizar e participar da luta pelo Piso Salarial Nacional.

A CONACS informar É preciso que cada Estado, através das Federações e Sindicatos se mobilizem convoquem todos os ACS e ACE, e juntos façam o convencimento dos Prefeitos em declararem apoio a regulamentação do nosso Piso Salarial em R$ 1.090,00.


Saibam que não estarão sozinhos, que os parlamentares parceiros da nossa luta e a própria CONACS estarão participando dos Seminários Estaduais e lembrem-se a União Faz a Força!

AGENDA DOS SEMINÁRIOS ESTADUAIS

DATA COORDENADOR LOCAL

05/08/2011 DEP. JORGE PINHEIRO PRB/GO Assembléia Legislativa, Goiânia - GO, às 14:00h

12/08/2011 DEP. RAIMUNDO GOMES DE MATOS PSDB/CE Assembléia Legislativa, Fortaleza - GO, às 09:00h

19/08/2011 DEP. GERALDO RESENDE PMDB/MS Campo Grande - MS
18/08/2011 Amauri Teixeira PT/BA

Alice Portugal PC do B/BA Assembléia Legislativa, Salvador - BA
22/08/2011 Aracaju - SE

12/09/2011 DEP. ANGELO AGNOLIN PDT/TO Palmas - TO

Sindacs/Ba Lutar sempre, desistir jamais. Estamos vivendo dias mais difíceis e longas greves de toda história!


Mensagem do Sindacs/Ba
para os ACS e ACE de Salvador

Lutar sempre, desistir jamais. Estamos vivendo uma das mais difíceis e longas greves de toda história do Sindacs/BA. A participação da categoria e dos outros segmentos da oposição é muito importante para alcançarmos mais essa vitória.

Estamos lutando contra o município de Salvador, o prefeito, secretários e também procuradores desta cidade que ao longo desses anos vêm nos prejudicando de todas as formas: desrespeitando 4018 profissionais, homens e mulheres que levam prevenção, orientação as comunidades carentes e fazem promoção à saúde, enfrentando todos os riscos e obstáculos para desenvolver o trabalho de forma digna e com caráter.

Por outro lado, somos profissionais, servidores desse município, trazemos recursos através do repasse do Ministério da Saúde, Fundo Nacional para o Fundo Municipal que garantem na sua totalidade o pagamento desses trabalhadores, além do décimo terceiro salário.

Desta forma companheiros, nós não podemos desistir de buscar os nossos direitos, sabemos dos riscos de perdemos esses dias de paralisação. A nossa GREVE É LEGAL estamos cumprindo os 30% que a lei preconiza, mas queremos chamar à atenção dos ACS E ACE: nossa luta só terá êxito com a participação de todos; essa é a reta final, o município já deu a entender que vai querer “empurrar” os R$ 545,00 e o abono dos dias parados como forma de “barganha”.

E nós não vamos aceitar esta proposta, na pior das hipóteses aceitaremos a equiparação aos trabalhadores de 40 horas do município, no valor de R$ 679,98, e depois lutaremos pelas gratificações. Caso o município venha a insistir nesta proposta, vamos mostrar para “eles” que a resposta vai ser muito dura, pois se vocês estiverem de acordo, nós vamos levar a situação vivida pela categoria, os impasses nas negociações, toda a nossa luta vai ser transmitida para o Ministério Publico Federal e Estadual.

O Sindacs/BA possui um documento (encontra-se pronto com o nosso advogado) pedindo que seja feita uma investigação para apurar onde são gastos os recursos que são destinados aos programas do PACS/PSF E ENDEMIAS, pois não recebemos nada de contraproposta. Desta maneira, vamos forçar para que o Ministério da Saúde realize o bloqueio destes valores.

Essa é uma atitude radical, que também vai afetar a nossa categoria, mas “eles” vão sentir muito mais. Na oportunidade, mais uma vez ressaltamos a necessidade da participação de todos nesta etapa.

A próxima reunião, da qual as autoridades ficaram de agendar, deve ser oficializada nesta segunda (18). Através do site do Sindacs/BA, a categoria vai ser informada do dia e horário desta reunião.

Destacamos que nessa reta final, fechamento das negociações, todos precisam participar, todos! Não adianta fingir que estão trabalhando, assinando ponto ou ficando em casa, o que acontecer com um vai acontecer com todos; lugar de trabalhador em greve é nas mobilizações, quem não luta pelos seus direitos não é digno de tê-los. Nós já mudamos a Constituição Federal, mudamos de regime, agora vamos mudar Salvador!

Um grande abraço a todos e a todas, a greve continua!


Sindacs/Ba

segunda-feira, 18 de julho de 2011

FEBACS, CONVOCA todos os ACS e ACE do Estado da Bahia para se fazerem presentes na Assembléia Legislativa no dia 18 de agosto, às 8:h00 em Salvador,



FEDERAÇÃO BAIANA (FEBACS) CONVOCA!!!

CONVOCAÇÃO URGENTE

Foi realizada a 2ª Audiência Pública desse ano sobre a regulamentação do Piso Salarial, ficou claro que existe um grande impasse, pois os Prefeitos através da CNM (Confederação Nacional dos Municípios) afirmaram que não são contra o Piso Salarial, desde que, seja regulamentado em Lei o financiamento tripartite do Piso, sendo essa fala também do CONASEMS (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde).


Porém, o Ministério da Saúde afirma que os Prefeitos e Secretários não concordam com o Piso Salarial e que por isso ainda não encaminharam o PL do Governo à Câmara para Regulamentação do Piso.


A Comissão Especial junto com a CONACS resolveu buscar a resposta direto dos Governadores e Prefeitos. A partir do mês de agosto estará sendo realizados vários Seminários Estaduais, coordenados pela Comissão, Diretoria da CONACS e das Federações, e nossa mobilização fará a diferença!


Por isso a Presidente da FEBACS, CONVOCA todos os ACS e ACE do Estado da Bahia para se fazerem presentes na Assembléia Legislativa no dia 18 de agosto, às 8:h00 em Salvador, onde acontecerá o Seminário Estadual da Bahia ( A Assembléia Legislativa fica situada no Centro Administrativo da Bahia, na Avenida Paralela). Busquem parcerias com seus Prefeitos e vereadores e tragam suas caravanas, pois não podemos promover a desunião da nossa categoria em um momento tão importante.


Chegou a hora de todos se unirem, independente da sigla partidária ou da entidade da classe que sejam filiados, todos os ACS e ACE devem se mobilizar e participar da luta pelo Piso Salarial Nacional.

Maria Lúcia de Santana Gutemberg
Presidente


fonte:sindracs

ACS ROBERTO NA LUTA PELO PISO SALARIAL DOS ACS/ACE DE TODO O BRASIL!!



A Confederação Nacional dos Agentes de Saúde e de Combate às Endemias tem feito um grande trabalho em prol da aprovação de um projeto de lei que regularmente o pagamento de um piso salarial nacional para a nossa categoria essa luta tem sido cada vez mais ardual, porém extremamente necessária, não e hora de recuar e sim seguir avante com força total.


Vamos continuar acs/ace a apoiando a conacs nessa luta. Temos que dar o melhor de nós, estou certo que minhas motivações não está em momento algum apoiadas numa vitoria inexistente. mas na expectativa de que podemos chegar lá!

Eu sei amigos acs/ace que com as nossas próprias forças achamos que e quase que impossível há nossa vitoria acontecer, e o que vejo nos email e telefonemas que recebo de acs/ace de todo o Brasil, confessor que as vezes fico triste quando me deparo com essa situação tenta animar os colegas para que não desista e que continuem confiante tem sido uma tarefa duro mas graças há Deus percebo que pelo menos tem dado alguns resultados, e na convicção que estou fazendo a minha parte.

Contudo amigos ACS/ACE eu quero que sabia que DEUS não desistiria de mim e nem desistirá de vós independente dos meus erros e dos teus erros, ele sabe que nós merecemos uma vida digna para nós, e para nossos filhos e creio que ele ira estender a sua mão para nós ,e nós concedera a vitoria que almejamos.

Por isso eu decidi seguir em frente sem olhar para os lados ou dar ouvido as críticas que sempre são maçantes e impiedosas, no mais sigo para o alvo daquilo que almejo e que está proposto no meu coração com mais excelência para mim!

Minha postura atual define minha opinião, sou acs com orgulho e não irei retroceder nem que leve anos, amo essa profissão pós percebo que através dela possa mudar vidas de pessoas e vou ate mas longe amigos acs/ace posso até salva-las com o poder da informação, que pena que muitos não vejam dessa formar.

Assim o meu desejo é que o julgo pesado de gestores municipais que hoje nós cercam seja aliviados por nós mesmo através de conhecimento e de uma intelectualidade mas aguçada da nossa parte, só assim poderemos bater de frente conhecendo os nosso direitos! e o fardo que todos os acs/ace carregam por esse Brasil possa ser aliviado através do processo de raciocinar constantemente.

ACS ROBERTO

domingo, 17 de julho de 2011

O objetivo do evento foi debater questões relacionadas à regulamentação do Piso Salarial Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Endemias!



O Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde das Espinharas (SINDCASE) juntamente com a Confederação Paraibana dos Agentes Comunitários de Saúde e Endemias, realizou na manhã desta sexta-feira, dia 15 de julho, no ginásio do SESI de Patos, o I Seminário dos Agentes Comunitários de Saúde e Endemias de Patos e Região.




O objetivo do evento foi debater questões relacionadas à regulamentação do Piso Salarial Nacional e as diretrizes do Plano de Carreira Profissional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias.

Participaram do evento a vereadora Maria José Venâncio e os deputados federais Hugo Motta (PMDB) e Efraim Filho (DEM). Os parlamentares prometeram total empenho no encaminhamento da pauta de reivindicações das duas categorias em questão.


Estamos reivindicando o piso salarial nacional para as duas categorias de profissionais, que atualmente gira em torno de dois salários mínimos vigentes a qualquer época.


Tivemos a participação de mais de trinta e cinco municípios não só da regional de Patos, mas do Vale do Piancó, regional de Campina Grande, Monteiro, Cuité, entre outras”, afirmou João Bosco de Assis – presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde das Espinharas (SINDCASE).

O deputado federal Hugo Motta garantiu que logo após o recesso parlamentar, estará ainda mais comprometido com a causa do piso salarial para os agentes de saúde e endemias. “Isso será um investimento por parte do governo, pois teremos profissionais mais compromissados e estimulados a trabalharem melhor pela saúde.


Nós devemos como representantes do povo, levantar essa bandeira, e eu enquanto conhecedor da causa sei o como é importante reconhecer o trabalho desses profissionais”, relatou o deputado.

Já o presidente da Confederação Paraibana dos ACE e ACS, Francisco da Chagas Coelho de Araújo (Kiko Chagas), considerou que a participação dos dois deputados, assegura o sucesso da mobilização da categoria no Estado da Paraíba e a ida de todos até a Capital Federal. “O que está faltando é apenas boa vontade política da presidenta Dilma para que melhorias, a exemplo do piso salarial, sejam efetivadas”, completou.


O seminário também abriu espaço para que os participantes pudessem questionar as autoridades políticas presentes, acerca do tema em pauta e de outras questões pertinentes à classe dos agentes comunitários de saúde e endemias.


fonte:Hélio Barbosa - Patosonline.com

MATERIAS DO BLOG DO ACS ROBERTO