SEJA UM SEQUIDOR DO BLOG DO ACS ROBERTO

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Senador Cícero Lucena participa de encontro de Agentes comunitario de Saúde na cidade de Patos


O senador Cícero Lucena (PSDB) participa cidade de Patos, de uma Sessão Especial com todos os Agentes de Saúde da região de Patos. O senador tucano, como relator de projeto que regulamenta a profissão do agente de saúde, deu parecer favorável à categoria. A reunião será realizada no Câmara Municipal de Patos.

“Deus me deu a oportunidade de criar 180 equipes quando prefeito de João Pessoa. Estou na defesa dos agentes comunitários que tem um papel fundamental na saúde pública do Brasil” comentou Cícero com a experiência de quem foi prefeito por duas vezes de João Pessoa.

Conforme o PLS 196/09, da senadora Patrícia Saboya (PDT-CE), União, Estados, Distrito Federal e municípios ficam impedidos de pagar salário mensal abaixo desse valor para os agentes, considerando jornada máxima de quarenta horas semanais.

Pelo texto, o piso salarial será implantado de forma progressiva e proporcional, no decorrer de doze meses desde a entrada em vigor da lei. Dentro desse prazo, todos os entes federativos deverão elaborar ou adequar seus planos de carreira para incluir tanto os agentes de saúde e os que fazem o combate às endemias, só podendo haver ingresso de novos agentes nos quadros por meio de concurso público.

Repasses da União
A matéria cria, para a União, a obrigação de transferir recursos de seu orçamento a fim de garantir condições para que os demais entes da Federação cumpram o piso salarial dos agentes.

Caberá ainda ao Ministério da Saúde fazer o acompanhamento da destinação dos repasses federais. Como reforço ao cumprimento do piso, o texto condiciona as transferências dos recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) aos estados e municípios - dentro do chamado Piso Variável de Atenção Básica (PAB) - à comprovação do pagamento nas condições definidas.


I- RELATÓRIO

Vem à análise desta Comissão o Projeto de Lei do Senado(PLS) n°196, de 2009, de autoria da Senadora Patrícia Saboya, que acrescenta na lei n°11.350, de 5 de outubro de 2006, os artigos 9°A a 9°C, para instituir o piso salarial nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias.

O artigo 1° do projeto de lei incluiu cinco novos dispositivos a lei n°11.350, de 2006, quais sejam os arts. 9°A, 9°B,9°C, 9°D e 9°E. O art. 9°A institui o piso salarial profissional de 930 reais para os Agentes Comunitários de Saúde e para os Agentes de Combate às Endemias, valido para todos os entes federativos.

De acordo com o art. 9°B, o piso salarial será integralizado de forma progressiva e proporcional no prazo de doze meses contados a partir da entrada em vigor da lei.

O art.9°C, por sua vez, determina que a União deva efetuar o repasse financeiro, por meio de recursos de seu orçamento, na forma e nos limites previamente estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Nos termos do art.9°D, o piso salarial profissional dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias será reajustado anualmente, no mês de janeiro, pelos ndices oficiais de inflação registrados no ano anterior.

Já o art.9°E, determina que os Estados, o Distrito Federal e os Municípios deverão elaborar e adequar os planos de carreira dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias, no prazo estabelecido no art.9°B.

O art.2° do PLS n°196 de 2009, altera os art.6° e 7° da lei n°11.350, de 2006, para que um dos requisitos para a ocupação dos cargos de Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate às Endemias seja a conclusão do Ensino Médio, vez que a legislação atual exige apenas a conclusão do Ensino Fundamental.

O PLS n°196, de 2009, foi encaminhado a Comissão de Assuntos Econômicos(CAE) e à Comissão de Assuntos Sociais(CAS), cabendo a esta última decisão terminativa.

Não foram apresentadas emendas à proposição.

II VOTO

Diante do exposto, recomendo a aprovação do Projeto de Lei do Senado n°196, de 2009, com a seguinte emenda de redação:

Emenda n° - CAE
( Ao PLS n°19, de 2009)

Dê-se à ementa do PLS n°196, de 2009, a seguinte redação:

Altera a Lei n°11.350, de 5 de outubro de 2006, para instituir o piso salarial profissional nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agente de Combate às Endemias
.


Sala de Comissão, Cícero Lucena Relatorfonter;/www.clickpb.com.br/

Um comentário:

  1. sou agente comunitario de MANOEL URBANO/ESTADO DO ACRE, SE CONFIRMAR ESTA NOTICIA CREIU QUE ESTAREMOS AGORA SENDO VALORIZADO COMO UMA PROFISSÃO DE VERDADE.E COM UMSALARIO DIGNO DE QUEM LUTA POR UMA SAUDE PROMOCIONAL

    ResponderExcluir

FAÇA UMA PERGUNTA AO ACS ROBERTO!

MATERIAS DO BLOG DO ACS ROBERTO