SEJA UM SEQUIDOR DO BLOG DO ACS ROBERTO

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

O “Agentes Comunitários de Saúde” (AECS) pode ser considerado um programa de transição para a Saúde da Família,



Saúde de Dourados faz palestra sobre Hipertensão e Diabetes

A Secretaria de Saúde de Dourados através da equipe do Programa Saúde da Família (PSF) da Seleta, promove amanhã, uma palestra sobre Hipertensão e Diabetes. Além destas orientações, também será feito o lançamento do Programa de Estratégia de Agente Comunitário (EACS 52), no Polem do Parque Alvorada.

Voltado exclusivamente para o acompanhamento de pessoas com hipertensão e diabetes, o Hiperdia é um dos programas desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Saúde através das unidades básicas. O programa abrange pessoas de toda a faixa etária. 748542~1

Nesta sexta-feira o trabalho será direcionado aos moradores da região do Parque Alvorada, Jardim Universitário, Chácara Flora e Jardim Itaipu. No dia da palestra serão realizados ainda exames como verificação de pressão arterial, dosagem de glicemia, peso e altura.

O “Agentes Comunitários de Saúde” (AECS) pode ser considerado um programa de transição para a Saúde da Família, em que se trabalha a prevenção da saúde nas comunidades. Nas ações os agentes de saúde são acompanhados e orientados por um enfermeiro/supervisor lotado em uma unidade básica de saúde.

Os agentes podem atuar em duas situações distintas em relação à rede do SUS; ligados a uma Unidade Básica de Saúde ainda não organizada na lógica da Saúde da Família ou ligados a uma Unidade de Saúde da Família como membros da equipe multiprofissional.

Segundo Ana Paula Batista, enfermeira e coordenadora do EACS 52, prevenir doenças é possível através de modificações no estilo de vida, como alimentação adequada, consumo moderado de sal, controle do peso, prática de atividade física e evitar o tabagismo e o uso excessivo de álcool. Tudo isso conforme explicou a coordena, ajuda no tratamento e na prevenção da doença.

“Convidamos a população para que compareça a palestra, principalmente pessoas que possuem histórico de hipertensão e diabetes e também quem queira se interar mais sobre o assunto”, ressaltou.

Os participantes devem levar documentos pessoais e o cartão SUS para que se for detectado no exame alguma alteração, possam ser incluídos no Programa Hiperdia. Podem também ser cadastradas também ao programa, aquelas pessoas que já fazem algum tratamento de hipertensão e diabetes.

Em todos estes casos, os pacientes incluídos no Hiperdia passam a receber tratamento e acompanhamento adequado.

fonte:http://www.douradosnews.com.br/saude/

fonte:saudavelms.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA UMA PERGUNTA AO ACS ROBERTO!

MATERIAS DO BLOG DO ACS ROBERTO