SEJA UM SEQUIDOR DO BLOG DO ACS ROBERTO

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

AGENTES COMUNITARIO DE SAÚDE EM AÇÃO COM SUAS IDEIAS PARABÉNS!



Malhação para tonificar a mente

Rodrigo Medeiros / A Tribuna Malhação para tonificar a mente

Saimon Novack|Da Redação

“O peso da idade está cada dia mais leve". "Para mim, uma forma de descarregar o estresse da semana". "Vejo tudo isso como uma fonte de ânimo". "É um vício pelo qual quero ser refém a vida toda". Os depoimentos são de mulheres de 18 a 80 anos. Idades distintas, corpos díspares, vidas desiguais, objetivos idênticos: a busca pelo bem-estar do corpo e da mente por meio do Caminho Saudável, projeto pelo qual 120 mulheres do bairro Próspera estão "percorrendo". Algumas desde a fundação, há um ano e dois meses, outras há menos tempo.

Ginástica, caminhada orientada, nutrição, avaliação médica fazem parte do cotidiano da aposentada Anita Ricardo Motta há mais de um ano. Faça sol ou chuva - "ou ventania", brinca ela - duas vezes por semana lá está. Roupa de malha, tênis e toalha apostos, à espera de saúde. Palavras dela. "Isso aqui faz um bem tão grande, mas tão grande, que não sei mais o que são dores nas costas, tontura e falta de ar", diz. "Não posso dizer o mesmo sobre ânimo, vontade de viver e disposição, pois isso tenho conhecido bem o significado", comenta enquanto recupera o fôlego no intervalo da aula de ginástica.

Alto-astral

elevado

Para a ceramista Maria das Dores, 42 anos, o projeto exercita tanto o corpo, como tonifica a mente. "Trabalho fora o dia todo. Quando chego em casa ainda faço o trabalho doméstico. Tem dia que a rotina me deixa jururu. Depois que ingressei nas aulas de ginástica o cansaço reduziu e o alto-astral se elevou", comemora ela, que não perde uma aula. O mesmo conceito tem Adenir José da Cunha, 43 anos. "É um vício. A gente faz a aula experimental e não consegue mais deixar de frequentar. Aqui nos exercitamos, jogamos conversa fora, rimos e fizemos amizades".

As atividades ocorrem no miolo da Próspera. Caminhada orientada é feita na Praça da Chaminé, ginástica no ginásio de esportes, avaliação médica no 24h. Tudo isso sob o comando de um médio, dois estagiários de medicina, um professor de educação física, mais um estagiário da área, uma agente comunitaria de saúde, nutricionista e bioquímica.

Uma forma de minimizar os danos da hipertensão e diabetes

O projeto surgiu há pouco mais de um ano diante da constatação do número expressivo de moradores da Próspera com hipertensão, diabetes e outras doenças enumeradas pela agência de saúde do bairro. De acordo com uma das idealizadoras do projeto, a agente comunitaria de saúde Adelaide Santiago, somente com hipertensão foram registrados quase 500 casos. Com diabetes, 200. "Os números me deixaram em alerta e fizeram com que dividisse a estatística e algumas ideias com o clínico geral do 24h da Próspera", conta.

Depois da primeira conversa com o doutor, os planos da agente comunitaria de saúde se multiplicaram e ela partiu em busca de parcerias para colocá-los em prática. "Dividi as ideias com um, com outro, e dentro de poucos dias já contava com uma equipe prestes a me apoiar e dar via ao Caminho Saudável", lembra. Peça fundamental para o desenvolvimento do projeto, o clínico geral Aníbal José Fieder Dário foi um dos que aderiu a ideia prontamente e hoje é um dos voluntários que dá assistência médica ao grupo.

É ele quem também faz a avaliação dos integrantes do programa para verificar se estão aptos à prática de exercícios físicos, bem como a intensidade do esforço. Para Aníbal, quem participa do Caminho Saudável tem dois grandes ganhos: social e clínico. "O convívio com pessoas diferentes, aliado à pratica de exercícios físicos com acompanhamento médico, tem surtido um efeito muito positivo. Mais que tratar, estamos prevenindo uma série de doenças", afirma.

Segundo o médico, são incontáveis os benefícios que os exercícios físicos trazem à saúde. "Favorece a redução de peso, ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue, a melhorar a distribuição de sangue para o coração. Contribuiu ainda com a liberação de endorfina, substância natural produzida pelo cérebro em resposta à atividade física, visando relaxar e preservar-nos da dor", explica.

Interessados em fazer parte do projeto podem entrar em contato com a agente de saúde Adelaide Santiago, nas quartas-feiras, a partir das 17h, no ginásio da Próspera. A inscrição é gratuita.


fonte:www.atribunanet.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA UMA PERGUNTA AO ACS ROBERTO!

MATERIAS DO BLOG DO ACS ROBERTO