SEJA UM SEQUIDOR DO BLOG DO ACS ROBERTO

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

VEJA OS AGENTES COMUNITARIO DE SAÚDE E O SEU PAPEL FUNDAMENTAL NA SUA COMUNIDADE


VEJA OS AGENTES COMUNITARIO DE SAÚDE E O SEU PAPEL FUNDAMENTAL NA SUA COMUNIDADE



Programa Saúde da Família atua na prevenção e quebra paradigmas

Os agentes do Programa Saúde da Família (PSF) são conhecidos na comunidade em que atuam. Os agentes do Programa Saúde da Família (PSF) são conhecidos na comunidade em que atuam. Eles chegam às casas, conversam com os moradores, aferem pressão arterial, perguntam sobre hábitos de vida, histórico de doenças e informam sobre métodos de prevenção. Quando há casos mais complexos, como idosos abandonados, pessoas acamadas, são acionados médicos ou enfermeiros, que passam a fazer o acompanhamento da situação do paciente.

Este programa, criado no Brasil há 15 anos, quebrou paradigmas. Ao invés de tratar a doença, sobretudo quando já está em situação agravada, os agentes atuam na prevenção, reduzindo custos ao sistema.

Em Maringá, existem atualmente 66 equipes divididas por regiões da cidade. São 54 equipes de PSF e 12 PACS (Programa de Agente Comunitário de Saúde), além de 18 equipes de saúde bucal.

Para a moradora do Conjunto Requião, Josefina Cavalcante, 65 anos, a agente que visita regularmente a sua residência tem passado informações importantes sobre como controlar doenças. “Eu tenho bronquite e o meu marido, diabetes. Ela ensinou como a gente tem que cuidar, usar o remédio certinho, controlar a comida”, explica.

A vista dos agentes, segundo a moradora, diminui a necessidade de ir ao posto de saúde com freqüência. “A gente só vai ao posto buscar o remédio. De vez em quanto também participamos do grupo de idosos, que se reúne no posto.”

Segundo a chefe do programa no município, Danielle Benez Canassa Martins, o trabalho dos agentes traz muitos resultados práticos. Por exemplo, 96% dos casos são resolvidos pela unidade básica de saúde, levando apenas 3,7% ao encaminhamento para especialistas. Os agentes também controlam a distribuição de remédios a diabéticos e hipertensos. Este trabalho evita ainda que este grupo tenha quadro da doença agravadoDanielle diz que os agentes conseguem também conduzir, através da conscientização, maior número de mulheres para a realização de exames preventivos de câncer de mama e de colo de útero, de cobertura vacinal e redução da mortalidade materno-infantil.

Integram a equipe do PSF médico, enfermeiro, auxiliar de enfermagem, agente comunitário de saúde, dentista, técnico de higiene dental e auxiliar de consultório dentário. O mais difícil para o programa é contratar médicos. São realizados concursos públicos, mas não há candidatos. O piso inicial para o médico é de R$ 5.228. Eles trabalham 40 horas semanais.

Maringá possui 325 agentes comunitários da saúde de Maringá. O programa atende mais de 75% da população maringaense, com atenção especial aos idosos, recém nascidos e crianças.

País
Para o Ministério da Saúde, o papel dos agentes comunitários é fundamental na integração entre a população e os profissionais da atenção básica, nível de assistência voltada à promoção, prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação da saúde. Os 229,9 mil agentes que atuam no país atendem cerca de 113,6 milhões de pessoas, o equivalente a 59,9% da população.

Atualmente, a Estratégia Saúde da Família está presente em 94% dos municípios do País, respondendo às demandas de 49,9% da população brasileira. Um total de 29.710 equipes atua em 5.229 municípios. A meta do Ministério da Saúde é chegar a 32 mil equipes implantas no fim de 2010, quando a iniciativa completará 17 anos.

Levantamento do Ministério da Saúde de 2008 aponta que o trabalho das equipes de saúde da família nos municípios impacta positivamente no acesso à saúde, realização de pré-natal e redução de mortes de crianças menores de um ano por causas mal definidas. Uma pesquisa científica que analisou a iniciativa três anos atrás demonstrou que a cada 10% de aumento da cobertura, a mortalidade infantil reduz em 4,56%
.Fonte Reginaldo Eloi (CHN).




Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA UMA PERGUNTA AO ACS ROBERTO!

MATERIAS DO BLOG DO ACS ROBERTO