SEJA UM SEQUIDOR DO BLOG DO ACS ROBERTO

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

acs roberto informar Agentes de endemias realizam 3º Liraa


Agentes de endemias realizam 3º Liraa

O Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes Aegypti vai ser feito hoje e nos próximos dois dias...

Os agentes de endemias de Cascavel começaram hoje o 3º Liraa - Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes Aegypti. Até quarta-feira eles vão visitar residências e sempre que encontrarem focos de larvas do mosquito vão colher amostras nestes tubinhos para enviar para laboratório. Tudo para saber se estão infectados com o vírus da dengue, ou se são apenas larvas comuns de pernilongos.
“Em Cascavel o Liraa foi implantado em 2007 e a gente faz uma pesquisa amostral de 5% dos imóveis cadastrados para se detectar em que pé que se encontra o índice de infestação do mosquito da dengue no município,” conta Cristina Carnaval, coordenadora de endemias.
No 2º Liraa, o índice apontava 2.2 % de infestação. Resultado preocupante já que de acordo com o Ministério da Saúde o nível considerado aceitável é de até 1%. “Quando o índice de infestação está bastante alto é preocupante porque existe o vírus circulante, e isso nós já temos em Cascavel, e o número de mosquitos é muito grande, e a presença da larva também é preocupante. Mas a expectativa é de que neste 3º ciclo a gente tenha reduzido bastante esses índices,” ressalta.
São 150 agentes de endemias que fazem diariamente as visitas na região. Na casa de dona Elisabete nenhum foco das larvas do mosquito foi encontrado. Aqui no quintal quase todas as folhagens e flores estão assim: plantadas diretamente na terra. “Eu evito sempre depósito de água e assim na terra é mais garantido não ter água empossada,” diz Elisabete Tonini.
Por aqui o trabalho dos agentes tem feito toda a diferença, foi por causa da visita deles, por exemplo, que a moradora pôde perceber que os locais mais inesperados podem esconder um morador perigoso. “Na antena parabólica foi colocado areia e feito furos em baixo do cano para saída de qualquer depósito de água,” fala a moradora do Alto Alegre.
Orientações que trazem também informações sobre a doença: “Os sintomas são: febre alta, dor de cabeça, dor no fundo dos olhos, dá manchas vermelhas na pele, vômito, diarréia. E aparecendo qualquer um desses sintomas a gente orienta que procure um médico,” explica a agente Rosenilda Rodrigues Valadares.
Dados que são levados a sério. “É muito importante a prevenção, não adianta depois o tratamento, a prevenção é o mais importante”, completa Elisabete. fonte Kethleen Simony: CGNpegue o seu no Templatesdalua.comUbatuba: Escola municipal realiza palestra para pais e alunos sobre Gripe H1N1

pegue o seu no Templatesdalua.comEquipe do Programa de Saúde da Família do Itquaguá levou informações e tirou dúvidas sobre a doença

A escola municipal Altimira Abirached realizou na última quinta-feira, 27, uma palestra para os pais e alunos da escola sobre a gripe Influenza A H1N1.

A palestra foi proferida pela Dra. Monica Chahad Binotto, pela enfermeira Eliane Karine Mequelino e pelos agentes de saúde Alan Rodrigues, Ana Cláudia Quirino e Ailton Monteiros, todos membros do Programa de Saúde da Família do posto de saúde do bairro do Itaguá.

Os profissionais da saúde falaram sobre as formas de contágio da doença e como prevení-la, reiterando a importância de manter hábitos de higiene como lavar as mãos, passar álcool gel 70 nas mãos e superfícies e não compartilhar copos ou outros objetos pessoais.


A equipe falou também sobre o tratamento realizado com um medicamento específico e quais os procedimentos realizados com a família de alguém infectado, além de responder a perguntas dos pequenos como qual foi o primeiro país a ter um caso identificado e quais os estados brasileiros que possuem mais pessoas infectadas.


Fonte: Assessoria de Comunicação/Prefeitura de Ubatuba.QUAL QUER DUVIDA PERGUNTE AO ACS ROBERTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA UMA PERGUNTA AO ACS ROBERTO!

MATERIAS DO BLOG DO ACS ROBERTO