SEJA UM SEQUIDOR DO BLOG DO ACS ROBERTO

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

ACS ROBERTO Curso Técnico em Agente Comunitário de Saúde”, realizado pela Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais


Foto: Ascom ESP-MG

Festa, celebração e bom humor! Assim, é concluído, tradicionalmente o I Módulo do Itinerário formativo do “Curso Técnico em Agente Comunitário de Saúde”, realizado pela Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG), em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte.

Ao concluir esta etapa da capacitação, os alunos apresentam, orientados pelos docentes, paródias de músicas. Segundo a agente comunitária de saúde do Programa Saúde da Família (PSF) do bairro São Marcos, regional nordeste da capital, Janaína da Silva, o momento representa liberdade. “É um momento de diversão, descontração em que nos sentimos mais livres. Usamos o humor para passarmos uma mensagem. Uma colega começou e eu terminei a paródia baseada na música do grup Roupa Nova, “Coração Pirata”, afirmou.

A diretora-geral da ESP-MG, Tammy Claret Monteiro, ressalta que a apresentação destes trabalhos é momento singular na Escola.”A própria reforma do nosso jardim de inverno foi feita para atender a demanda dos alunos em realizarem as apresentações aqui. A apresentação das paródias é um mometno especial para a Escola”. Sobre o papel do ACS, a diretora foi enfática “Vocês chegam ao final preparados para colaborar com suas comunidades e fazerem a diferença na atenção primária à saúde. O que vai realmente fazer a diferença será o carinho de cada um de vocês em cada família visitada” declarou.

Curso

O “Módulo I do Itinerário Formativo do Curso Técnico em Agente Comunitário de Saúde” da Escola de Saúde Pública do Estado de Minas teve início em agosto de 2007 com o objetivo de abordar ações de integração social, planejamento em saúde, além de oferecer aos profissionais noções básicas de ética e construção da cidadania.
A agente comunitária de Saúde do PSF do bairro São Paulo, na regional nordeste, salienta que o curso colaborou aliou teoria e pratica”. Pudemos melhroar nosso trabalho com os conhecimetnos adquiridos. Estamos muito felizes com o curso e esperamos que outros módulos sejam dados”.

A psicóloga da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte e docente do curso desde 2007, Eliane Silva, percebe uma mudança na visão dos alunos no decorrer do curso. “Sou docente desde 2007 e tenho cada vez mais noção da importância dos curso, ja’que qualifica a atuação dos ACS. O curso organiza e qualifica mais os alunos. Vemos um crescimento grande dos profissionais. A própria auto estima deles aumenta com o decorrer da capacitação, Muitas vezes, não têm noção do tamanho do trabalhoe da competência que possuem”, disse.

Segundo a referência-técnica da ESP-MG Maria de Fátima Malveira Carneiro, o curso propõe uma transformação na prática do serviço, procurando conscientizar os profissionais sobre os principais princípios do SUS. “Durante as aulas teóricas, procuramos mostrar aos agentes o quanto eles são importantes para a humanização e o acolhimento das famílias. Através da Formação, buscamos um profissional mais seguro para atuar de forma mais fundamentada e autônoma nas comunidades”, destacou.

Em 63 anos de trajetória, a ESP-MG capacitou mais de 100 mil alunos para atuar no Sistema Único de Saúde (SUS). Mais de 13 mil Agentes Comunitários de Saúde (ACS) foram formados pela Instituição, beneficiando mais de 150 municípios de Minas Gerais.

ACS

O agente comunitário de saúde realiza visitas domiciliares colhendo informações de saúde orientando a população. A profissão é exercida exclusivamente no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), onde estes desenvolvem ações educativas de prevenção de doenças e promoção da saúde.

Um comentário:

  1. Olá, sou Cristina e também sou ACS, sabe estou um tanto preocupada, pois estamos concluindo o 1º Módulo do curso de Capacitação de ACS, e segundo informações não terá continuidade o curso, que segundo a apostila elaborada por profissionais da UFMG, conteria esse curso 3 Módulos, sendo assim caro Roberto de nada adiantou o esforço dos ACS de minha região, tendo em vista a não continuidade do curso, gostaria de que você se tivesse mais informações sobre esse fato me comunicasse por favor, sou do Sul de Minas , da cidadezinha de Munhoz, próxima de Ouro Fino, Bueno Brandão e a 100 km de Pouso Alegre. Bom desde ja conto com sua colaboração com a classe tão sofrida de ACS, os verdadeiros trabalhadores da chamada Porta de Acesso ou de entrada do SUS.Um grande abraço de sua colega Cris e que Deus te abençoe muito.

    ResponderExcluir

FAÇA UMA PERGUNTA AO ACS ROBERTO!

MATERIAS DO BLOG DO ACS ROBERTO