SEJA UM SEQUIDOR DO BLOG DO ACS ROBERTO

sábado, 19 de março de 2011

A agente comunitária de saúde Ana Carla, conseguiu contato com uma amiga e acabou descobrindo sua identidade, (agente de saúde em ação)


Uma mulher identificada como Marinalva Monique Alzira da Silva, 29 anos, faleceu no início desta semana, no hospital da cidade de Itabaiana, no Estado de Sergipe. Até esta quinta-feira, 17, o hospital não havia conseguido identificar a paciente, nem qualquer contato com familiares, e a sepultou como indigente.


Uma agente comunitária que atua na comunidade onde a paciente morava, identificada como Ana Carla, conseguiu contato com uma amiga e acabou descobrindo sua identidade e informações sobre parentes. Marinalva e sua família são naturais de União dos Palmares, interior de Alagoas e, segundo a amiga, sua intenção era entrar em contato com a família quando melhorasse.


Nesta sexta-feira, 18, a agente comunitária de saúde contatou o Alagoas24Horas para informar que os pais de Marinalva se chamam Iraci Brauma da Silva e Luiz Leopoldino da silva.


Seu objetivo é informar aos parentes de Marinalva Monique sobre seu sepultamento como indigente para que tomem as providências necessárias.


fonte:/www.alagoas24horas.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA UMA PERGUNTA AO ACS ROBERTO!

MATERIAS DO BLOG DO ACS ROBERTO