SEJA UM SEQUIDOR DO BLOG DO ACS ROBERTO

domingo, 12 de julho de 2009

Impotencia sexual masculina

Rosely Sayão*/ Ilustrações: Caio Borges

Vamos falar bem a verdade: quando o homem falha na hora H, em geral a primeira reação da mulher é a de se sentir humilhada, rejeitada, menosprezada. Ela sofre, responsabiliza seu corpo, a celulite, a falta da depilação e mais um monte de defeitos - que só ela vê! - pelo que considera conseqüência da falta de tesão do homem por ela. Ao mesmo tempo, ou logo depois, talvez até como reação de proteção, ela acha que não tem nada a ver com isso, que a falta de ereção é problema exclusivo dele, e por mais que tente mostrar que não se afeta com o fato - ou com a ausência dele - não consegue deixar de expressar seu desapontamento e seu constrangimento. Uma saia justa nada sensual é o que ela veste nessa hora! Então, nada mais sensato do que começar tirando algumas responsabilidades que estão fora de lugar nesse acontecimento, e assumir outras.

Em primeiro lugar é bom saber que quase sempre essa situação não tem relação alguma com você. Duvida? Leia o que 'ele' diz no texto aí ao lado. É a mais pura verdade. A relação do homem com seu pênis e a tarefa de ter a ereção no local, hora e situação exatos não é nada simples. Afinal, vamos convir: ter ereção é a coisa mais natural do mundo para eles, que convivem com isso desde bebês. Mas fazer que ela aconteça com data marcada, e pontualmente, já é outra história, que começa a se complicar justamente pela pressão. E pensa que eles têm domínio total sobre o tão chegado amigo? Bem que gostariam, mas não têm...

Os homens, ao contrário das mulheres, têm o dever, cobrado desde cedo, de mostrar serviço para que a transa aconteça. Vamos concordar que isso é um compromisso que, às vezes, se torna um fardo que atrapalha muita coisa. Portanto, vamos deixar de nos colocar no centro de todos os acontecimentos sexuais dos encontros íntimos, para não aumentar ainda mais esse peso sobre eles.

Por outro lado, a mulher bem que pode dar uma força para ajudar o homem a superar esses péssimos momentos, inevitáveis na vida deles. Fazer cara de paisagem, ou de Monalisa quando ele falha, só piora a situação. Não vamos fazer de conta que nada aconteceu, não vamos deixar passar batido. Vamos reagir e batalhar em busca do que queremos!

Imagine, por exemplo, o inusitado da situação se sua reação for cheia de bom humor e criatividade, como 'ele', aqui ao lado, sugere, e você decidir entabular uma conversa muito louca com o pênis de seu companheiro dessa hora, que resiste em ficar em posição de sentido. Experimente falar com 'ele', contar o quanto você gosta de tê-lo presente, dizer que está disposta, por exemplo, a ter dedicação e paciência para esperar pelo prazer de sua manifestação, tão logo possa. E peça permissão para deixá-lo um pouco de lado, repousando, enquanto se dedica a outros carinhos com seu homem.

Certamente ele vai ficar tão surpreso com sua reação, que vai relaxar e curtir esses outros carinhos com muita sensualidade e entrega. Essa é a melhor maneira de já deixar a cama pronta para o próximo encontro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA UMA PERGUNTA AO ACS ROBERTO!

MATERIAS DO BLOG DO ACS ROBERTO