SEJA UM SEQUIDOR DO BLOG DO ACS ROBERTO

quinta-feira, 20 de março de 2014

A Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde –CONACS abandonou a ideia inicial de definir o piso salarial nacional em de R$ 1.448.00 (2 SALÁRIOS MÍNIMOS)

 
A Frente Parlamentar em Defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate a Endemias, presidida pelo deputado Raimundo Gomes de Matos, juntamente com a confederação nacional da categoria dos acs/ace (CONACS), realizou nesta quinta-feira (20), às 9h, um Ato Público Pela regulamentação do piso salarial nacional da categoria, com a presença de diversos deputados federais definirão estratégia para que a PL seja pautada na câmara e senado federal em Brasília .

 Foram convidados para o debate a presidente e a vice-presidente da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde, Ruth Brilhante e Ilda Angélica, respectivamente, e a assessora jurídica da Confederação, Eliane Alves; os deputados João Campos (GO), Marcus Pestana (MG), Carmen Zanotto ( PPS-SC), Geraldo Rezende (PMDB-MS), Pedro Chaves (PMDB- GO) e Mandetta (DEM-MS).


A Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde –CONACS abandonou a ideia inicial de definir o piso salarial nacional em de R$ 1.448.00 (2 SALÁRIOS MÍNIMOS) a NOVA proposta que será levada para o governo da presidente Dilma Rousseff é a definição   da portaria do ministério de saúde  como pagamento salarial para os agentes comunitário de saúde:  PORTARIA Nº 314, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2014, Art. 1º - Fica fixado em R$ 1.014,00 (mil e quatorze reais) por Agente Comunitário de Saúde (ACS).


A expectativa e que  entre os dias 7 e 11 de abril  Câmara irá  promover esforço de votação na segunda semana de abril, é que PL 7495/06 seja apreciada e votado na câmara e senado garantindo  o piso dos agentes de saúde.

FONTE ACS ROBERTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA UMA PERGUNTA AO ACS ROBERTO!

MATERIAS DO BLOG DO ACS ROBERTO