SEJA UM SEQUIDOR DO BLOG DO ACS ROBERTO

sábado, 31 de julho de 2010

Agentes de Saúde de Salvador ganham as ruas por melhoria salarial




Manifesto em prol de avanços nos direitos trabalhistas da categoria é apoiado por Zé Neto



Mantendo as reivindicações por melhoria salarial, Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) concentraram-se, na manhã desta sexta-feira (30), na região do Iguatemi. O objetivo da mobilização, iniciada na quarta-feira (28) é chamar a atenção da população sobre o posicionamento da Prefeitura Municipal de Salvador com relação às questões salariais envolvendo a categoria, que deseja transmutar seu regime trabalhista de celetista para estatutário. Os Agentes também reivindicam sua inclusão no Plano de Cargo, Carreira e Vencimento (PCCV) dos servidores públicos, além de cobrarem os retroativos de insalubridade dos ACE.

“O nosso salário, é um absurdo. Ajudamos a evitar que pessoas adoeçam e lotem os hospitais, prevenimos a saúde da população, batendo de porta em porta, e o que recebemos é desrespeito por parte da gestão municipal”, reclamou Cléber Mascarenhas, membro da Associação dos Agentes de Combate às Endemias de Salvador (AACES).

De acordo com Enádio Nunes Pinto, presidente da Associação, já houve parecer positivo por parte da Procuradoria , mas “o município continua dando a desculpa do impacto financeiro, que supostamente pode causar o atendimento às reivindicações da categoria, mesmo a Secretaria Municipal de Planejamento, Tecnologia e Gestão (Seplag), tendo informado que o município não sofrerá fortes abalos”.

Impossibilitado de comparecer devido aos compromissos legislativos, o deputado estadual Zé Neto, que é combativo NA LUTA pelos ACS e ACE, encaminhou membros de seu mandato para acompanhar a mobilização e as discussões.

De acordo com o parlamentar, Salvador é o município baiano onde os Agentes ganham na faixa dos piores salários da Bahia e do Brasil. “O salário pago em Salvador não condiz com a responsabilidade destes trabalhadores e tampouco com a importância que os mesmos têm dentro das comunidades. Isso é algo que deve ser revisto urgentemente. Estes pais e mães de famílias não podem continuar sendo penalizados dessa maneira”, ressaltou o parlamentar.

Sobre a presença e apoio de Zé Neto durante a semana de protesto, o presidente da AACES, disse que seu mandato “está de parabéns, tendo estado ao nosso lado, mostrando seu respeito pela categoria”.

Para a próxima segunda-feira (02), está agendada, às 09h30, uma reunião na Secretaria Municipal de Saúde, localizada na bairro do Comércio.

O Sindicato da categoria informa que, se não houver uma contra proposta satisfatória por parte do município, os Agentes podem entrar em estado de greve.

“Na segunda-feira apresentaremos a vontade da maioria, que estará na pauta. Queremos uma posição clara sobre as questões salariais. Estamos em situação de paralisação, ainda não estamos em greve. Se não chegarmos a um denominador comum, tomaremos a decisão conjunta sobre entrar em greve ou não”, frisou Reinan Ramos, representante do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Estado da Bahia (SINDACS/BA).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA UMA PERGUNTA AO ACS ROBERTO!

MATERIAS DO BLOG DO ACS ROBERTO